sábado, 7 de maio de 2011

Meu Vídeo 19

video


“Manifesto "Sancti"-Dantas


“Nasci para provar que nem todos os que escrevem sabem escrever”
“Eu quero ser a vergonha da intelectualidade portuguesa”


Basta!…
Quero estender a mão ao Sancti-Dantas
Onde a queda é certa e imutável
Quero ser o reflexo da Mari(Ana)
Estar (só) em acção e às escuras
Entre in-decências e gemidos à mistura.
"Se-rei-a" histérica, demente como o vento
Diferente de todas as Mari(Anas) falsas e agitadas
Abadessas e brejeiras da poeira da terra moura
Quero berrar e marimbar-me para todas as (esp)eras
Ah…Quero o bálsamo das orgias de Dantas
Entre letras para gastar nesta escravidão de mim
Quero a raiz insólita e banhar-me em palavras negras
Onde morrerei enquanto acumulo gozo e doçuras
Nesta resma em que me quero afogar e (pa)rir
…Amor!...
Pim!...


[ Ser poeta é fazer parte da paisagem onde o sol se une por entre os dedos e nos faz sentir o movimento das palavras!...]”

Ana Maria




Abraço de LUZ.

Sem comentários:

Enviar um comentário